Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Sexagem em tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla) por meio do teste da reação em cadeia da polimerase / Polymerase chain reaction for sexing in giant anteater's (Myrmecophaga tridactyla)

Bento, H. J; Rosa, J. M. A; Morgado, T. O; Granjeiro, M. D. B; Bianchini, M. A; Iglesias, G. A; Dutra, V; Nakazato, L; Paz, R. C. R.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 71(2): 538-544, mar.-abr. 2019. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-23540
Em tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla) não há dimorfismo sexual, tornando-se necessária a diferenciação entre machos e fêmeas, em especial naqueles indivíduos com finalidade reprodutiva. Entre as diversas técnicas empregadas para a caracterização sexual, a reação em cadeia da polimerase (PCR) é utilizada em mamíferos para identificar uma sequência genética especifica do cromossomo Y (SRY), sendo considerado um meio moderno e eficaz de determinação sexual. O objetivo deste trabalho é padronizar um protocolo para determinação sexual de tamanduá-bandeira por meio da técnica de PCR, utilizando material genético extraído do bulbo capilar desses animais. Mediante esse protocolo, foi possível determinar o sexo de sete animais testados, sendo compatível com o sexo de cada indivíduo. Conclui-se que o protocolo padronizado apresentou total eficácia, sendo possível determinar o sexo de tamanduás-bandeira utilizando material genético extraído do bulbo capilar.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1
Selo DaSilva