Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Identification of sources of resistance to anthracnose stalk rot in maize / Identificação de fontes de resistência à antracnose do colmo do milho

Nicoli, Alessandro; Zambolim, Laércio; Costa, Rodrigo Veras da; Guimarães, Lauro José Moreira; Lanza, Fabrício Eustáquio; Silva, Dagma Dionísia da; Cota, Luciano Viana.
Ci. Rural; 46(11): 1885-1890, 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-18071
O uso de cultivares resistentes é a principal medida para o manejo da antracnose do colmo em milho. Neste trabalho, objetivou-se identificar linhagens com níveis de resistência à antracnose do colmo, similar ao híbrido 2B710, considerado resistente. Dois experimentos foram conduzidos na Embrapa Milho e Sorgo. No primeiro experimento, foram avaliados 234 linhagens e os híbridos BRS1010 (suscetível) e 2B710 (resistente). Foi realizada inoculação artificial com um isolado de C. graminicola , na fase de pré-pendoamento e, após 30 dias, foi realizada a avaliação da severidade da antracnose no colmo. O segundo experimento foi conduzido com 48 linhagens e os híbridos inoculados com dois isolados de C. graminicola . No primeiro experimento, os genótipos formaram oito grupos com base na severidade da doença e as linhagens do último grupo foram consideradas as mais resistentes, incluindo o híbrido 2B710, em que os genótipos apresentaram valores de severidade entre 11,50 a 23%. No segundo experimento, houve interação entre os fatores linhagens e isolados e, de modo geral, as linhagens apresentaram a mesma tendência de reação obtida no primeiro experimento, no entanto, a severidade da doença foi maior para a maioria das linhagens, mesmo quando utilizado o outro isolado. Com isso, foi possível realizar a seleção de linhagens com bons níveis de resistência, as quais podem ser utilizadas em programas de melhoramento, em estudos de herança, desenvolvimento de híbridos e identificação de marcadores moleculares, associados com resistência à antracnose do colmo.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1
Selo DaSilva