Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Assistência pré-natal por profissionais de enfermagem no município de Rio Branco, Acre, Amazônia / Prenatal care by nursing professionals in Rio Branco, Acre and Amazon region / Atención prenatal por profesionales de enfermería en Rio Branco, Acre, Amazonia

Cunha, Margarida de Aquino; Mamede, Marli Villela; Dotto, Leila Maria Geromel; Araruna, Raimunda da Costa.
Rev. baiana saúde pública; 36(1)jan-mar. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-644778
Este estudo teve como objetivo identificar e descrever o perfil dos profissionais de enfermagem que participam da atenção ao pré-natal, no município de Rio Branco (AC). Os dados foram coletados por meio de entrevistas realizadas com todos os profissionais de enfermagem queatendem à gestante em 16 unidades da rede básica de saúde. Os profissionais entrevistados são predominantemente do sexo feminino (91,30%), com uma idade média de 34,3 anos, 52,17% com quatro anos de formação profissional, com uma média de 54,1 meses de experiência na assistência pré-natal, com carga horária média semanal de trabalho de 53,26 horas e 52,17% trabalham em mais de uma instituição. Os resultados revelaram que, dos enfermeiros que realizam a consulta pré-natal, apenas 2 (11,76%) cursaram especialização em obstetrícia, e os demais (88,24%) fizeram capacitação em assistência pré-natal com duração de 24 a 40 horas. Conclui-se que a participação de enfermeiros e enfermeiras obstétricas tem fundamental importância para o fortalecimento da assistência pré-natal, entretanto são necessários investimentos na formação de pessoal qualificado, para o atendimento à mulher no ciclo grávido-puerperal, a fim de melhorar, cada vez mais, a qualidade de atendimento nos serviços de saúde materna e neonatal de Rio Branco.
Biblioteca responsável: BR15.1
Selo DaSilva