Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Perfil de suscetibilidade de leveduras do gênero Candida isoladas de animais ao óleo essencial de Rosmarinus officinalis L / Susceptibility profile of Candida spp. isolated from animals to the essential oil of Rosmarinus officinalis L

Cleff, M.B.; Meinerz, A.R.M.; Madrid, I.; Fonseca, A.O.; Alves, H.G.; Meireles, M.C.A.; Rodrigues, M.R.A..
Rev. bras. plantas med; 14(1): 43-49, 2012. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-644612
Neste trabalho foram avaliadas a atividade antifúngica e composição química do óleo essencial de Rosmarinus officinalis (alecrim). O óleo essencial foi obtido, através da hidrodestilação, das partes aéreas da planta, o qual foi analisado por cromatografia gasosa com detectores de ionização em chama (GC/FID) e espectrometria de massas (GC/MS). Esse óleo foi testado em isolados de C. albicans da mucosa vaginal de fêmeas caninas, casos clínicos de candidíase em animais cepas padrões e espécies não-albicans, usando a técnica de microdiluição em caldo (CLSI-M27A2). A análise cromatográfica do óleo permitiu identificar como principais compostos cânfora, verbenona e 1,8-cineol. Os valores de CIM do óleo para os isolados padrões de C. albicans variaram entre 1,25 e 2,5 µL mL-1 e de 2,5 a 5,0 µL mL-1 para CFM, enquanto que para os isolados não-albicans observou-se CIM entre 1,25 e 5,0 µL mL-1 e CFM de 2,5 a 10,0 µL mL-1. C. albicans isolada de animais apresentou valores de 2,5 a >10,0 µL mL-1 para CIM e de 5,0 a >10,0 µL mL-1 para CFM. Os resultados demonstraram atividade fungicida e fungistática do óleo essencial de alecrim em isolados de Candida spp. provenientes de animais.
Biblioteca responsável: BR1.1
Selo DaSilva