Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Filtração glomerular e fatores associados em hipertensos atendidos na atenção básica / Glomerular filtration and associated factors in hypertensive individuals treated at primary care level

França, Ana Karina Teixeira da Cunha; Santos, Alcione Miranda dos; Calado, Isabela Leal; Santos, Elisângela Milhomem dos; Cabral, Poliana Coelho; Salgado, João Victor Leal; Goldraich, Noemia Perli; Salgado Filho, Natalino.
Arq. bras. cardiol; 94(6): 779-787, jun. 2010. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS | ID: lil-550684
FUNDAMENTO: No Brasil, a hipertensão arterial (HA) constitui-se um dos principais fatores de risco para doença renal crônica (DRC). Recomenda-se o monitoramento da filtração glomerular (FG) para avaliação da função renal em hipertensos, posto que sua redução precede o aparecimento de sintomas.

OBJETIVO:

Avaliar a FG e fatores associados em hipertensos.

MÉTODOS:

Realizou-se estudo transversal no período de janeiro a junho de 2008, com 297 hipertensos com ou sem diabete melito (DM) tratados em uma unidade básica de saúde em São Luís-MA. Foram incluídos pacientes >20 anos e de ambos os sexos. Avaliaram-se dados sociodemográficos, estado nutricional, FG e microalbuminúria em urina de 24h, controle pressórico e glicêmico, creatinina sérica e lipidograma.

RESULTADOS:

A idade média foi 60,6 × 11,5 anos com predomínio do sexo feminino (75,1 por cento), sobrepeso/obesidade (65,0 por cento) e circunferência da cintura elevada (60,6 por cento). A prevalência de FG < 60 ml/min foi 24,6 por cento no grupo HA sem DM e 18,3 por cento no HA com DM, sem diferença significante. Para o grupo HA sem DM houve associação apenas da FG reduzida com idade > 65 anos, que permaneceu após ajustamento. Para o grupo HA com DM houve associação da redução da FG com idade > 65 anos, tabagismo e obesidade, porém, após ajustamento, permaneceram idade e tabagismo.

CONCLUSÃO:

Nestes pacientes, a prevalência de FG < 60 ml/min foi elevada e, após ajustamento, apenas idade > 65 anos e tabagismo apresentaram-se como fatores associados à FG. Isto reforça a necessidade da avaliação sistemática da FG em hipertensos visando a prevenção secundária da doença renal crônica.
Biblioteca responsável: BR1.1
Selo DaSilva