Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Avaliação dos indicadores de saúde bucal no Brasil: tendência evolutiva pró-equidade? / /Evaluation of oral health indicators in Brazil: a trend towards equity in dental care? / /Evaluación de los indicadores de salud bucal en Brasil: ¿tendencia evolutiva pro-equidad?

Fernandes, Juliana de Kássia Braga; Pinho, Judith Rafaelle Oliveira; Queiroz, Rejane Christine de Sousa; Thomaz, Erika Bárbara Abreu Fonseca.
Cad. saúde pública; 32(2): 211-15, 2016. tab, graf
Artigo em Português | ENSP, FIOCRUZ | ID: ens-34958
Foi testada a hipótese de que os indicadores de saúde bucal, obtidos do Pacto da Atenção Básica de 2006, Pacto pela Saúde do biênio 2010/2011 e indicadores de transição entre o Pacto pela Saúde e Contrato Organizativo da Ação Pública em Saúde de 2012, não diferiam entre as Unidades Federativas (UF) brasileiras com diferentes Índices de Desenvolvimento Humano (IDH). Para isso, foi realizado um estudo longitudinal ecológico comparando as UF do Brasil com extremos de IDH. Os dados foram obtidos dos sistemas de informação do SUS e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, e submetidos à análise de regressão linear de efeitos mistos (alfa = 5%). Todos os indicadores de oportunidade de acesso foram associados negativamente com o IDH. Para os de utilização, a associação ocorreu para apenas dois indicadores. Os resultados evidenciaram uma tendência evolutiva pró-equidade para indicadores de oportunidade de acesso em relação à saúde bucal.(AU)
Biblioteca responsável: BR526.1
Selo DaSilva