Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

A ideologia do capitalismo nos movimentos sociais brasileiros: os "nós-do-governo" / L'idéologie du capitalisme dans les mouvements sociaux brésiliens: les "nós-do-governo" / La ideología del capitalismo en los movimientos sociales brasileños: los "nós-do-governo" / The ideology of capitalism in Brazilian social movements: the "nós-do-governo"

Lara Junior, Nadir.
Psicol. USP; 29(2): 169-178, maio-ago. 2018.
Artigo em Português | LILACS, Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: biblio-955630
Resumo O objetivo deste trabalho é compreender os processos ideológicos presentes na relação entre o Estado brasileiro e movimentos sociais durante os governos Lula e Dilma até junho de 2013. Para isso, veremos que há alguns sujeitos que gozam quando aderem a todo aparato cínico presente na sociedade capitalista e ainda se identificam com esse modo de vida. Por outro lado, há sujeitos que se indignam com essa situação e buscam se organizar politicamente, neste caso em movimentos sociais. Tratamos sobre esses sujeitos que se organizam politicamente, porque eles também sofrem as investidas do Estado brasileiro que usa do engodo para colocá-los na lógica cínica de controle social capitalista. Nessa lógica, o engodo é uma formação discursiva que coloca em jogo uma dimensão simbólica e imaginária para tomar cinicamente o outro como objeto de sua satisfação.
Biblioteca responsável: BR85.1
Selo DaSilva