Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Campo comum de atuação dos profissionais da estratégia saúde da família no Brasil: um cenário em construção / Common field of expertise of professionals in the family health strategy in Brazil: a scenario construction

Ellery, Ana Ecilda Lima; Pontes, Ricardo Jose Soares; Loiola, Francisco Antonio.
Physis (Rio J.); 23(2): 415-437, abr.-jun. 2013. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | Jun 2013 | ID: lil-680818
Resumo: Este estudo objetiva sistematizar e analisar saberes e práticas que integram o campo comum de atuação das equipes multiprofissionais da Estratégia Saúde da Família (ESF). Trata-se de estudo qualitativo, com construção das informações através de entrevistas abertas e oficinas de produção de conhecimento, com 23 profissionais da ESF e das residências médica e multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade, no período de março a agosto de 2011, no município de Fortaleza. O campo comum é o espaço do compartilhamento, da socialização de práticas e saberes entre os trabalhadores que integram a atenção primária à saúde no Brasil, ou seja, profissionais das equipes da ESF, incluindo o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF). É constituído, em grande parte, por acúmulos teórico-práticos da Saúde Coletiva, mas também por outros conhecimentos, como o da clínica e o da reabilitação, e os aportes de setores diversos, como Geografia, Pedagogia e Educação Popular. Os saberes e práticas essenciais do campo comum da ESF foram consolidados em dez grupos. A interface do trabalho dos profissionais é complexa e cada vez mais ampla. Há diversas ações comuns a várias profissões; algumas são complementares; outras estão muito imbricadas. O que vai possibilitar estabelecer um campo comum de atuação interprofissional é o debate democrático da equipe. Esse processo é gradativo, carece de pactuação, não sendo resolvido somente na disputa legal, definindo verticalmente essa interface. Configura-se num campo em permanente construção, à medida que novas categorias profissionais vão sendo incorporadas à ESF, trazendo novos saberes e novas práticas.
This study aims to systematize and analyze knowledge and practices that are part of the common field of action extended teams of the Family Health Strategy (ESF). This qualitative study sought to obtain information through open interviews and workshops of knowledge production, with 23 professionals, from March to August 2011, in Fortaleza city. The common ground is the area of sharing, socialization practices and knowledge among workers that make up the primary health care in Brazil, or professional teams from the ESF, including the Support Center for Family Health. It is composed largely by knowledge and practices of Public Health, but also other knowledge, such as clinic and rehabilitation healthcare, and the contributions of several fields, such as geography, pedagogy and popular education. The essential knowledge and practices of the common field of ESF were consolidated into ten groups. The interface between the work of different professionals is a complex issue, because the main responsibilities of each professional are increasingly related. There are several actions that are common to many professions, some are complementary and others are very much intertwined. What will make it possible to establish a common field of activity is the existence of a democratic debate on the team. This process is gradual, lacks agreement, cannot be solved only in the legal dispute, vertically defining this interface. It is a field in constant construction, as new professions are being incorporated into the ESF, bringing new knowledge and new practices.
Biblioteca responsável: BR433.1