Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Attendance indicators for students in long-term nursing courses at a university hospital / Indicadores de comparecimento para estudantes em cursos de longa duração em enfermagem em um hospital universitário

Mendonça, Guilherme Silva; Cunha, Cristiane Martins; Dias, Emerson Piantino; Resende, Tatiana Carneiro de; Rodrigues, Clesnan Mendes.
Biosci. j. (Online); 32(3): 753-763, may/june 2016. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS | Maio 2016 | ID: biblio-965518
Resumo: Education is a social and universal phenomenon, being essential to the workplace and in a continuing regime. The pursuance of continuing education is common in the Nursing practice. Therefore, this study has the objective of describing the attendance indicators obtained by a Continuing Education Nursing Program at a University Hospital in 2012, in relation to the attendance of the students in long-term courses (greater than 20 hours). These courses are offered to the nursing staff under the pretext of understanding and supporting new health care strategies, which aim at improving the workforce of participants. The work herein is a descriptive, exploratory and retrospective study. During 2012 only three long-term courses were offered, all focused upon the specific needs of the hospital. In order to carry out the attendance evaluation a series of indicators were considered; daily presence percentage, general attendance percentage per student, attendance percentage of approved student, attendance percentage of reproved student, course abandonment percentage and approval percentage. The results showed differences in the attendance rates across all courses, both for those students who were approved as for those who were reproved, although the approval rate did not differ between the courses (40-50%). In the case of the course offered only to nurses, there were no abandonments registered. A noted phenomenon is that over the period the course runs, there also occurs a decrease in the daily attendance percentage on the part of students, thus demonstrating the need to implement new methodologies concerning this problem. Additionally, there occurred an attendance percentage and an approved and reproved percentage differential in results among the three nursing work categories, where nurses presented the highest rates of attendance and approbation. These results can be associated to the workplace position, voluntary participation and absence of liberation criteria for participation, all of which should be investigated in a future scenario. The results demonstrate the need for a methodology that maintains attendance levels across the whole duration of the long-term course, and deals with the presence of different professional categories and functions in the same course, under the intention of improving attendance and results of the long-term courses in continuing education programs.
A educação é um fenômeno social e universal, sendo essencial para o local de trabalho e em regime contínuo. A educação continuada é uma prática comum da enfermagem. Portanto, este estudo tem o objetivo de descrever os indicadores de comparecimento obtidos por um programa de educação continuada de enfermagem em um Hospital Universitário em 2012, em relação à participação dos alunos em cursos de longa duração (superior a 20 horas). Estes cursos são oferecidos para a equipe de enfermagem sob o pretexto de compreensão e apoio a novas estratégias de cuidados de saúde, que visam à melhoria da força de trabalho dos participantes. O trabalho é um estudo descritivo, exploratório e retrospectivo. Durante 2012 foram oferecidos apenas três cursos de longo prazo, todos focados nas necessidades específicas do hospital. A fim de realizar a avaliação do comparecimento uma série de indicadores foi considerada, sendo o percentual de comparecimento diário, percentual de comparecimento geral por aluno, percentual de comparecimento por estudante aprovado, porcentual de comparecimento por alunos reprovado, percentual de abandono e de aprovação por curso. Os resultados mostraram diferenças nos percentuais de comparecimento em todos os cursos, tanto para aqueles alunos que foram aprovados quanto àqueles que foram reprovados, embora o percentual de aprovação não diferiu entre os cursos (40-50%). No caso do curso oferecido apenas aos enfermeiros, não houve nenhuma abandono registrado. Um fenômeno notável é que durante o período que o curso foi executado, também ocorreu uma diminuição do percentual de comparecimento geral por parte dos alunos, demonstrando assim a necessidade de se implementar novas metodologias relativas a este problema. Além disso; o percentual de comparecimento, os percentuais de alunos aprovados e de reprovados foram diferentes entre as três categorias de trabalho da enfermagem, onde enfermeiros apresentaram os maiores percentuais de comparecimento e de aprovação. Estes resultados podem ser associados à posição gerencial no local de trabalho, a participação voluntária e a ausência de critérios de liberação para participação nos cursos, associações que devem ser investigadas em um cenário futuro. Os resultados demonstram a necessidade de uma metodologia que mantenha os percentuais de comparecimento ao longo de toda a duração do curso e que lide com a presença de diferentes categorias profissionais e funções no mesmo curso, sob a intenção de melhorar o comparecimento e os resultados dos cursos de longo prazo nos programas de educação continuada.
Biblioteca responsável: BR396.1