Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Espiritualidade no cuidado de enfermagem ao paciente oncológico em cuidados paliativos / Spirituality in the nursing care to oncological patient in palliative care

Crizel, Liceli Berwaldt; Noguez, Patrícia Tuerlinckx; Oliveira, Stefanie Griebeler; Bezerra, Berlanny Christina de Carvalho.
Rev. Salusvita (Online); 37(3): 577-597, 2018.
Artigo em Português | LILACS | 2018 | ID: biblio-1050673
Resumo: Introdução: o cuidado paliativo pode ser entendido como uma abordagem que auxilia na melhora da qualidade de vida dos pacientes e familiares que enfrentam problemas associados às doenças ameaçadoras da vida. Durante a assistência paliativa, as necessidades atendidas são diversas, porém a espiritualidade pode ser considerada a mais urgente devido à fragilidade que esses pacientes apresentam diante da proximidade da morte e o medo do desconhecido. Objetivo: conhecer a abordagem espiritual realizada nos cuidados pelos profissionais de enfermagem. Método: estudo qualitativo, descritivo e exploratório com oito pacientes atendidos pela equipe de Consultoria em Cuidados Paliativos de um hospital escola do Sul do Brasil. Os participantes foram entrevistados entre os meses de maio e junho de 2017. As entrevistas foram gravadas e transcritas para análise de dados. Resultados: a espiritualidade é apontada pelos pacientes como uma estratégia de enfrentamento da doença. Ainda, considerou-se pelos participantes que a enfermagem, por ser a profissão com maior tempo de permanência junto ao paciente, tem a possibilidade de ofertar o cuidado espiritual, no entanto sua abordagem está focada no modelo biomédico. Conclusão: a espiritualidade é uma forma de estratégia para o enfrentamento da doença e que pode ser ofertada e estimulada nos serviços de saúde. A enfermagem tem potencial para ofertar o cuidado espiritual, mas precisa incluir tal abordagem em sua prática cotidiana, principalmente quando esse cuidado é direcionado a pessoas em cuidados paliativos. Para isso, é preciso preparar os profissionais para um cuidado integral, uma vez que o ser humano é bio-psico-social e espiritual.
Introduction: palliative care can be understood as an approach that assists in improving the quality of life of patients and families facing problems associated with life threatening diseases. During palliative care, the needs met are diverse, but spirituality can be considered the most urgent due to the fragility that these patients present in the face of the near death and the fear of the unknown. Objective: to know the spiritual approach developed in the care by nursing professionals. Method: qualitative, descriptive and exploratory study with eight patients assisted by a team of Consulting in Palliative Care of a school hospital in the south of Brazil. Participants were interviewed between the months of May and June 2017. Interviews were recorded and transcribed for data analysis. Results: spirituality is pointed by patients as a strategy to face the illness. Also, it was considered by participants that nursing, for being the profession with more time with the patient, has the possibility of offering spiritual care, however its approach is focused on the biomedical model. Conclusion: spirituality is a form of strategy to face illness, and it can be offered and stimulated in health services. Nursing has the potential to offer spiritual care, but it needs to include such approach in daily practice, mainly when this care is directed to people in palliative care. For that, it's needed to prepare professionals for a full care, once the human being is biopsycho-social and spiritual.
Biblioteca responsável: BR36.1