Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Conhecimento e condutas realizadas por enfermeiros da atenção básica perante as síndromes hipertensivas da gravidez ­ SHG / Knowledge and conduct by nurses of basic attention against hypertensive syndromes of pregnancy - SHG

Nascimento, Edna Ferreira Guimarães; Oliveira, Arlete Maria Gomes; Flório, Flavia Martão; Zanin, Luciane.
Rev. odontol. Univ. Cid. São Paulo (Online); 31(1): 6--16, jan.2019. ilus.
Artigo em Inglês, Português | LILACS | Ago 2019 | ID: biblio-1009616
Resumo: Foram avaliados o conhecimento e as condutas dos enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família (ESF) perante a Síndrome Hipertensiva da Gravidez (SHG), no município de Guanambi - BA. Estudo descritivo quantitativo, desenvolvido com 25 enfermeiros que atuam ou atuaram na Estratégia de Saúde da família (ESF). Utilizou-se um questionário semiestruturado, autoaplicável, contendo 14 questões relacionadas à identificação do profissional, conduta e conhecimento sobre SHG. Dados foram analisados por meio de tabelas de distribuição de frequências. Houve predominância do gênero feminino (80,0%), 83,4% tinham mais de 4 anos de formação, 76,0% atuavam na ESF em média 3 anos e 84,0% têm especialização. Identificou-se no período de 12 meses que 08 gestantes apresentaram quadro de SHG, destas, 06 tiveram acompanhamento na atenção secundária e 02 permaneceram com atendimento na ESF. Sobre referência e contra-referência, 64% (16) afirmaram que todas as gestantes continuam as consultas de pré-natal na unidade, 12% (03) relataram que a maioria das gestantes continuam com atendimento na unidade e 06 (24%) afirmaram não continuar. Os enfermeiros apresentaram dificuldades em identificar as complicações e consequências para desenvolvimento de SHG em gestantes atendidas na Estratégia Saúde da Família, sendo a maior dificuldade relacionada ao encaminhamento.
Were evaluated the knowledge and behaviors of nurses of the Family Health Strategy (FHS) in relation to the Hypertensive Pregnancy Syndrome (HPS) in the municipality of Guanambi - BA. This is a quantitative descriptive study developed with 25 nurses who work or have worked in the Family Health Strategy (FHS). A semi-structured, self-administered questionnaire containing 14 questions related to the identification of the professional, conduct, knowledge. Data were analyzed by frequency distribution tables. There was a predominance of female gender (80.0%), 83.4% had more than 4 years of education, 76.0% had a 3-year FHS, and 84.0% had specialization. It was identified in the 12-month period that 08 pregnant women presented SHG, of these, 06 had follow-up in the secondary care and 02 remained with care in the FHS. Regarding reference and contra-referral, 64% (16) stated that all pregnant women continued prenatal visits at the unit, 12% (03) reported that most of the pregnant women still attended the unit and 06 (24%) said not continue. Nurses presented difficulties in identifying complications and consequences for the development of FHS in pregnant women attended in the Family Health Strategy, being the greatest difficulty related to referral.
Biblioteca responsável: BR97.1