Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Perfil dos idosos atendidos no Hiperdia que fazem uso da polifarmacia / Profile of older Hiperdia served on making use of polypharmacy

Formiga, Laura Maria Feitosa; Brito, Bartira Bezerra de; Oliveira, Edina Araújo Rodrigues; Sousa, Luana Savana Nascimento de; Lima, Luisa Helena de Oliveira; Feitosa, Paulo da Cruz.
Rev. enferm. UFPI; 4(2): 40-47, abr.-jun. 2015. Tabelas
Artigo em Português | BDENF - enfermagem (Brasil) | Jul 2015 | ID: bde-30995
Resumo: Objetivo:Traçar o perfil dos idosos cadastrados no Hiperdia que fazem uso da polifarmácia, atendidos em duas Unidades de Saúde da Família de um município Piauiense. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo e transversal realizado com 138 idosos, na qual os dados foram coletados através de um formulário estruturado. Resultados: Dos resultados, identificou-se que 65,0% eram do sexo feminino, 43,5% autor referiram cor branca, 60,9% casados, com uma média de idade de 70,2 anos, 88,4% moravam com o companheiro, e/ou filhos, e/ou netos, 67,4% eram sedentários. Sobre as condições de saúde e tratamento adquirido, 55,1% não consultavam regularmente, 35,5% estavam com 5 a 10 anos que faziam o tratamento medicamentoso. Conclusão: A maioria dos itens que caracteriza o perfil dos idosos estudados é compatível com os dados disponíveis na literatura. É pertinente desenvolver pesquisas dessa natureza em outras unidades a fim de identificar as necessidades do público-alvo, desenvolvendo assim, ações eficazes e favoráveis à racionalização do uso de medicamentos, evitando os agravos advindos da polifarmácia, que sem dúvida, é um dos grandes desafios da saúde pública. (AU)
Objective: To determine the characteristics of elderly enrolled in Hiperdia that make use of polypharmacy,served in two units of the Family Health Piauiense of a municipality. Methodology: This was a descriptive cross-sectional study of 138 elderly, in which data were collected using a structured form. Results: From the results, it was found that 65,0% were female, 43,5% self-reported white, 60,9% were married, with a meanage of 70,2 years, 88,4 % lived with partner and/or children and/or grand children, 67,4% were sedentary. About health conditions and treatment acquired, 55,1% did not consult regularly, 35,5% were 5 to 10 years who were drug treatment. Conclusion: Most items featuring the profile of the elderly is consistent with the data available in the literature. It is pertinent to carry out research of this nature in other units in order toidentify the needs of the target audience, thus developing effective and conducive to the rational use ofmedicines actions, avoiding injuries arising from polypharmacy, which is undoubtedly one of the greatchallenges public health. (AU)
Biblioteca responsável: BR5.1