Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Modelos explicativos do setor profissional em relação às plantas medicinais / Modelos explicativos del sector profesional en relación con las plantas medicinales / Explanatory models of the professional sector in relation to medicinal plants

Palma, Josiane Santos; Badke, Marcio Rossato; Heisler, Elisa Vanessa; Heck, Rita Maria; Meincke, Sonia Maria Konzgen.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online); 7(3): 2998-3008, jul.-set. 2015. tab
Artigo em Inglês, Português | BDENF - enfermagem (Brasil) | Jul 2015 | ID: bde-26890
Resumo: Objective: Recognizing the explanatory models of the professional sector in relation to medicinal plants. Method: The study was conducted with nine professionals between May and July 2011 in the rural area of Pelotas/RS, with self-application of semi-structured questionnaires, participant observation and focus group. All ethical guidelines for research involving human beings were respected and each professional has been identified by the name of a medicinal plant. Results: According to the thematic analysis of data, health professionals use medicinal plants for care of their health and are able to mention the use of plant resources in the context of primary health care in times of self-care and palliative care. Aside from these moments, they encourage the exclusive use of allopathic resources. Conclusion: The strength of the professional sector with regard to medicinal plants may reflect the biomedical training, consisting of a critical node of semantic networks.(AU)
Objetivo: Conhecer os modelos explicativos do setor profissional em relação às plantas medicinais. Método: Estudo realizado junto a nove profissionais entre maio e julho de 2011 na zona rural de Pelotas/RS, com auto aplicação de questionários semiestruturados, observação participante e grupo focal. Os preceitos éticos para pesquisas envolvendo seres humanos foram respeitados e os profissionais foram identificados pelo nome de uma planta medicinal. Resultados: De acordo com a análise temática dos dados, os profissionais de saúde utilizam plantas medicinais no cuidado da própria saúde e mencionaram haver possibilidade para a utilização de recursos vegetais no âmbito da atenção básica em momentos de autocuidado e cuidados paliativos. Afora estes momentos, incentivam o uso exclusivo de recursos alopáticos. Conclusão: A resistência do setor profissional com relação às plantas medicinais pode ser um reflexo da formação profissional biomédica, consistindo em um nó crítico das redes semânticas.(AU)
Objetivo: Conocer los modelos explicativos del sector profesional en relación con las plantas medicinales. Método: Se llevó a cabo con nueve profesionales entre mayo y julio de 2011 en Pelotas rural/RS, con la auto-aplicación de semi-estructurados, observación participante y grupos focales. Todas las pautas éticas para la investigación con seres humanos se respetaron y cada profesional ha sido identificado por el nombre de una planta medicinal. Resultados: De acuerdo con el análisis temático de los datos, los profesionales de la salud hacen uso de plantas medicinales en el cuidado de su salud y son capaces de mencionar el uso de los recursos vegetales en el contexto de la atención primaria de salud en los momentos de auto-cuidado y la atención paliativa. Aparte de estos momentos, fomentar el uso exclusivo de los recursos alopáticos. Conclusión: La fortaleza del sector profesional en relación con las plantas medicinales puede reflejar la formación biomédica, que consiste en un nodo crítico de las redes semánticas.(AU)
Biblioteca responsável: BR1208.1
Localização: BR1208.1