Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Consumo de anorexigenos tipo-anfetamina (dietilpropiona, fenproporex, mazindol) e de fenfluramina no Brasil: prejuizo ou beneficio para a saude

NAPPO, Solange A.
J. bras. psiquiatr; 8(41): 417-421, set. 1992.
Artigo | Index Psicologia - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-10309
O consumo brasileiro das drogas anorexigenas tipo-anfetamina (dietilpropiona, fenproporex, mazindol e de d. l-fenfluramina), obtido atraves de dados oficiais do Ministerio da Saude, foi avaliado expressando-se os resultados em doses diarias definidas por 1.000 habitantes por dia. Esta medida calcula o numero de doses terapeuticas que sao utilizadas por dia para cada 1.000 habitantes, permitindo assim comparacoes independentes da quantidade de principio ativo e de suas preparacoes comerciais; e por esta razao recomendada pela Organizacao Mundial da Saude (DDDs/1.000 habitantes/dia). Em 1988 o Brasil consumiu essas drogas equivalendo a 4,59 DDDs/1.000 habitantes/dia e no ano seguinte houve um aumento de 43,8 por cento. Esses valores podem ser triplicados quando se leva em consideracao apenas a populacao que tem acesso a medicamento. Estes numeros revelam um elevado consumo de drogas tipo-anfetamina, em contraste com outros paises onde o mesmo e quase inexistente. Constatou-se que 68,6 por cento do consumo em 1988 e 39,4 por cento em 1989 processaram-se atraves de receitas magistrais aviadas em farmacias de manipulacao, sendo o restante consumido atraves de produtos acabados manufaturados pelas industrias farmaceuticas. A d.l-fenfluramina foi a droga menos utilizada nos dois anos e o mazindol e o fenproporex foram as mais utilizadas, respectivamente, em 1988 e 1989. Discute-se as razoes do uso exagerado destas drogas, as possiveis reacoes adversas que podem resultar do mesmo e a ausencia de providencias das autoridades de saude do pais em controlar adequadamente a situacao.
Biblioteca responsável: PUCCAMP
Selo DaSilva