Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Antifungal activity of components used for decontamination of dental prostheses on the growth of Candida albicans / Atividade antifúngica de produtos utilizados na descontaminação de próteses dentárias sobre o crescimento de Candida albicans

Gouveia, Cíntia Lima; Freire, Isabelle Cristine Melo; Leite, Maria Luisa Alencar Sousa; Figueiredo, Rebeca Dantas Alves; Almeida, Leopoldina de Fátima Dantas de; Cavalcanti, Yuri Wanderley; Padilha, Wilton Wilney Nascimento.
Rev. odontol. UNESP (Online); 43(2): 137-142, Mar-Apr/2014. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: lil-710378

INTRODUÇÃO:

A efetividade de soluções antimicrobianas empregadas na descontaminação de próteses ainda é incerta.

OBJETIVO:

Avaliar a atividade antifúngica de soluções empregadas na descontaminação de próteses sobre o crescimento de Candida albicans.

MATERIAL E MÉTODO:

Foram avaliados os produtos: Corega Tabs Branqueador(r) (S1), Hipoclorito de Sódio 1% (S2), Bicarbonato de Sódio 1% (S3), Peróxido de Hidrogênio 1% (S4), Digluconato de Clorexidina 0,12% - Periogard(r) (S5), Enxaguatório bucal a base de óleos essenciais - Listerine(r) (S6), e óleo essencial de Rosmarinus officinalis (alecrim) nas concentrações 1% (S7) e 2% (S8). A atividade antifúngica foi avaliada por meio da técnica de difusão em ágar e da determinação da curva de morte microbiana de amostras de C. albicans (ATCC 90028) na concentração 1,5×106 UFC/mL. Os testes foram realizados em triplicata e a análise estatística se deu pelos testes ANOVA Two-Way e Tukey, sendo adotado nível de confiança de 95%.

RESULTADO:

A média dos halos de inibição do crescimento, em milímetros, obtidos para os produtos foram: 0,0 (S1); 44,7 (S2); 0,0 (S3); 21,6 (S4); 10,0 (S5); 6,1 (S6); 0,0 (S7) e 2,4 (S8). Para curva de morte microbiana, todos os produtos apresentaram diferença estatisticamente significante (p<0,05) do grupo controle (cloreto de sódio 0,85%) e do grupo S3. Verificou-se crescimento fúngico inferior a 2×104 UFC/mL e acentuação na curva de morte microbiana após 30 minutos de ação, a exceção do grupo S3.

CONCLUSÃO:

As substâncias analisadas, a exceção do Bicarbonato de Sódio, possuem ação antifúngica frente C. albicans, podendo contribuir para higienização de próteses. .
Biblioteca responsável: BR1.1
Selo DaSilva