Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Ponto de corte do índice Homeostatic Model Assessment for Insulin Resistance (HOMA-IR) avaliado pela curva Receiver Operating Characteristic (ROC) na detecção de síndrome metabólica em crianças pré-púberes com excesso de peso / Cut-off point for Homeostatic Model Assessment for Insulin Resistance (HOMA-IR) index established from Receiver Operating Characteristic (ROC) curve in the detection of metabolic syndrome in overweight pre-pubertal children

Madeira, Isabel Rey; Carvalho, Cecilia N. Miranda; Gazolla, Fernanda Mussi; Matos, Haroldo José de; Borges, Marcos Antonio; Bordallo, Maria Alice Neves.
Arq. bras. endocrinol. metab; 52(9): 1466-1473, Dec. 2008. graf, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-504552

OBJETIVO:

Estabelecer, entre os pontos de corte do índice homeostatic model assessment for insulin resistance (HOMA-IR), citados na literatura, o melhor em identificar a síndrome metabólica (SM) em crianças com obesidade e sobrepeso.

MÉTODOS:

Foram estudadas 140 crianças pré-púberes. A definição de SM foi adaptada da International Diabetes Federation. Para cada ponto de corte de HOMA-IR foram estimados sensibilidade e especificidade, tomandose como desfecho a SM. Uma curva receiver operating characteristic (ROC) foi construída com estes valores.

RESULTADOS:

O grupo estudado constituiu-se de 106 crianças com obesidade (37 meninas e 69 meninos) e 34 com sobrepeso (19 meninas e 15 meninos), média de idade 6,5 ± 2,3 anos. A acurácia da curva ROC foi 72 por cento, e o melhor ponto de corte foi 2,5, com sensibilidade 61 por cento e especificidade 74 por cento.

CONCLUSÃO:

O índice HOMA-IR pode ser útil para detectar a SM, e o ponto de corte 2,5 mostrou-se o melhor para crianças pré-púberes com obesidade e sobrepeso.
Biblioteca responsável: BR1.1
Selo DaSilva