Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Prevalência de deficiência de vitamina A e fatores associados em pré-escolares de Teresina, Piauí, Brasil / Prevalence and factors associated with vitamin A deficiency in preschool children from Teresina, Piauí, Brazil

Paiva, Adriana de Azevedo; Rondó, Patrícia Helen de Carvalho; Gonçalves-Carvalho, Cecília Maria Resende; Illison, Vanessa Kristinne; Pereira, Joilane Alves; Vaz-de-Lima, Lourdes Rehder Andrade; Oliveira, Carmem Aparecida de; Ueda, Mirthes; Bergamaschi, Denise Pimentel.
Cad Saude Publica; 22(9): 1979-1987, set. 2006. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-433350
A deficiência de vitamina A constitui um problema de saúde pública no Nordeste brasileiro. O objetivo deste estudo foi determinar a prevalência da deficiência de vitamina A e os fatores associados em pré-escolares de Teresina, Piauí, Brasil. Os níveis de retinol sérico foram determinados por HPLC, e foram investigadas as características sócio-econômicas e demográficas de 631 crianças com idade de 36 a 83 meses. Investigou-se a associação entre os níveis de retinol e as variáveis de interesse por análise de regressão linear uni e multivariada. O nível médio de retinol foi de 1,21mmol/L (IC95 por cento: 1,17-1,25µmol/L), independente do sexo (p = 0,259). A hipovitaminose A (retinol < 0,69µmol/L) foi observada em 15,4 por cento das crianças (IC95 por cento: 12,7-18,4), com tendência à diminuição com o avanço da idade; 29 por cento das crianças (IC95 por cento: 25,2-32,4) tinham valores aceitáveis de retinol, mas não adequados (0,70 a 1,04µmol/L). Encontrou-se associação positiva entre níveis de retinol e idade, renda per capita, suplementação prévia com vitamina A e escolaridade materna. A prevalência de hipovitaminose A representa um problema moderado de saúde pública, ressaltando a importância das estratégias de combate a essa carência na região.
Biblioteca responsável: BR526.1
Selo DaSilva