Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Assistência ao parto: do domicílio ao hospital (1830-1960) / Child birth care: from home to the hospital

Mott, Maria Lúcia.
Proj. História; 25: 197-219, dez. 2002. tab
Artigo em Português | HISA - História da saúde | ID: his-8989
Tem por objetivo contribuir para o debate atual sobre a assistência ao parto no Brasil. Faz um retrospecto dos principais modelos de atendimento ao parto no país, com destaque para os estados do Rio de Janeiro, Bahia e Säo Paulo. Se, até o início do século XX, o parto era realizado no domícilio da parturiente - apenas as gestantes indigentes e desclassificadas socialmente recorriam aos hospitais - a partir dos anos 30 esses estabelecimentos passam a ser recomendados com mais veemência pelos médicos como um lugar ideal e seguro para as mulheres darem à luz, independentemente da condiçäo social e da indicaçäo clínica. Verifica-se entäo a fundaçäo de várias maternidades e um aumento do número de leitos nos hospitais, sobretudo para parturientes pagantes, sendo necessária a criaçäo de novas formas de atendimento para as gestantes das camadas menos favorecidas, dada a carência de leitos gratuitos disponíveis. Assim, como soluçäo emergencial, organizam-se em alguns estados brasileiros serviços obstétricos para atendimento domiciliar das mulheres pobres. Apesar da avaliaçäo positiva desses serviços e da precariedade do atendimento prestado em muitas maternidades, eles näo tiveram continuidade. Para vários médicos, para muitas parteiras diplomadas e até mesmo para uma parte das mulheres, as maternidades tornaram-se o lugar ideal para a parturiçäo. (AU)
Biblioteca responsável: BR1273.1
Localização: BR1273.1; F1178
Selo DaSilva