Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Rede de relações em um serviço de atendimento móvel de urgência: análise de uma equipe de trabalho / Relationship network at a mobile urgent care service unit: analysis of a work team

Cavalcante, Juliana Brito; da-Silva-Junior, Geraldo Bezerra; Bastos, Maria Luiza Almeida; Costa, Mateus Estevam Medeiros; Santos, Alexandre de Lima; Maciel, Regina Heloísa Mattei de Oliveira.
Rev. bras. med. trab; 16(2): 158-166, abr.-jun-2018.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-909217

INTRODUÇÃO:

Os profissionais que trabalham no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) lidam com situações extremas, as quais exigem altas demandas psicológicas.

OBJETIVO:

Investigar as redes de relações entre trabalhadores do SAMU-Ceará, no Nordeste do Brasil.

MÉTODO:

Trata-se de um estudo de caso de natureza qualitativa, em que foram feitas entrevistas semiestruturadas com uma equipe do SAMU-Ceará. Primeiramente, para traçar as redes de relacionamento, foram entrevistados três profissionais do serviço, entre médicos e enfermeiros. Com base nessas entrevistas, entrevistaram-se mais dois trabalhadores, que foram citados pelos entrevistados anteriores. Para a análise textual dos discursos obtidos, foi empregado o programa Interface de R pour lês Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires (iRaMuTeQ). As características estruturais da rede, como tamanho e densidade, foram conferidas pelos softwares UCINET 6.123 e NetDraw 2.38.

RESULTADOS:

Os entrevistados estavam no serviço havia pelo menos um ano. As conexões configuradas com base nas entrevistas evidenciaram a inter-relação entre as redes dos entrevistados, e observamos a prevalência de vínculos fracos e desarticulados, muito embora dois dos entrevistados trabalhassem no mesmo setor. Na análise dos discursos, obtivemos três classes: 1) características do trabalho em equipe e sua forma peculiar de execução; 2) aspectos relacionais e subjetivos voltados para a administração; 3) natureza dos serviços prestados.

CONCLUSÕES:

As redes sociais no SAMUCeará expressam um conjunto de colaboradores que se relacionam para responder às demandas dos usuários de maneira integrada, tentando respeitar a autonomia de cada um, contudo as redes revelam conflitos, ocasionando sofrimento psíquico no trabalho
Biblioteca responsável: BR1927.9
Selo DaSilva