Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Implantação da residência médica e multiprofissional em saúde da família em um município paulista: percepção de residentes da primeira turma (2014-2016) / Implementation of medical and multi-professional residency in family health in health in a São Paulo municipality: first class residents' perception of (2014-2016)

Pinho, Liliane Maria Guimarães de; Garcia, Vera Lúcia; Nogueira-Martins, Maria Cezira Fantini.
Rev. bras. pesqui. saúde; 20(1)jan.-mar. 2018.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-906609

INTRODUÇÃO:

No Sistema Único de Saúde (SUS), a implantação de novos modelos assistenciais, como a Estratégia Saúde da Família, vem demandando uma qualificação dos profissionais. Nessa direção, a Residência em Saúde constitui modalidade de ensino de pós-graduação lato sensu, caracterizada pela formação em serviço. Assim, no município de Sorocaba/SP, foram implantados Programas de Residência Médica e Multiprofissional em Saúde da Família.

OBJETIVOS:

Identificar e analisar as percepções da primeira turma de residentes (2014-2016) a respeito de sua experiência nos Programas de Residência em Saúde da Família.

MÉTODO:

Foi utilizada a abordagem qualitativa de pesquisa, com a técnica do grupo focal. Foram realizados grupos com residentes de Enfermagem, Medicina e Odontologia. O material foi analisado segundo os princípios da análise temática.

RESULTADOS:

Foram obtidas quatro categorias: a) as várias mudanças de 2014; b) a preceptoria e a tutoria; c) a estruturação do programa; d) a percepção do aprendizado ao final da residência.Discussão: Os residentes consideraram que a experiência vivida foi interessante e proveitosa. Vários dos pontos críticos apontados por eles são semelhantes às experiências de implantação de residência em Saúde da Família de outros municípios.

CONCLUSÃO:

O estudo aponta um caminho possível para a formação dos profissionais de saúde para o SUS, especialmente para sua principal estratégia de organização da Atenção Básica, que é a Estratégia de Saúde da Família.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Selo DaSilva