Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Tecnologia móvel para coleta de dados de pesquisas em saúde / Mobile application for data collection in health research

Pereira, Irene Mari; Bonfim, Daiana; Peres, Heloisa Helena Ciqueto; Góes, Ricardo Fernandes; Gaidzinski, Raquel Rapone.
Acta Paul. Enferm. (Online); 30(5): 479-488, Set.-Out. 2017. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-885872

RESUMO OBJETIVO:

Descrever o desenvolvimento de aplicativo de tecnologia móvel para coleta de dados em pesquisa de tempo e movimento dos profissionais de saúde do Programa Estratégia de Saúde da Família, na realização das intervenções/atividades de cuidado.

MÉTODOS:

Pesquisa aplicada de produção tecnológica fundamentada no conceito de prototipagem e nas fases de definição, desenvolvimento e manutenção, para construção e validação de aplicativo do "instrumento de medida de carga de trabalho dos profissionais de saúde na atenção primária", para dispositivo móvel tablet Motorola® com sistema operacional Android® 3.2, com a finalidade de coletar dados em pesquisa de tempo e movimento, por meio da técnica de amostragem do trabalho e identificar a carga de trabalho de profissionais de saúde, lotados em unidades de saúde da família, localizadas nas cinco regiões geográficas do Brasil, consideradas de ótimo desempenho pelo Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica - ciclo 1.

RESULTADOS:

O aplicativo potencializou a coleta de dados e facilitou as seguintes etapas: registro e armazenamento dos dados; manutenção da integridade da informação; transmissão e armazenamento dos dados; organização e processamento das informações e maior segurança na análise dos resultados. A transmissão e a extração dos dados foram realizadas diariamente, através da sincronização dos arquivos no Dropbox®. O aplicativo eletrônico foi utilizado durante as observações dos 418 profissionais de saúde das 27 unidades de saúde da família, no total foram registrados 85.398 observações de intervenções/atividades.

CONCLUSÃO:

O aplicativo possibilitou uma coleta de dados mais dinâmica; manteve a integridade da informação; auxiliou a transmissão e o armazenamento de dados; facilitou a organização e o processamento das informações e proporcionou maior segurança na análise dos resultados.
Biblioteca responsável: BR1.2
Selo DaSilva