Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Compromiso de la calidad de vida de mujeres con cáncer de mama sometidas a quimioterapia en la atención pública y privada / Comprometimento da qualidade de vida de mulheres com câncer de mama submetidas a quimioterapia no atendimento público e privado / Impact on the quality of life of women with breast cancer undergoing chemotherapy in public and private care

Coelho, Raquel; Garcia, Sabrina; Marcondes, Larissa; da Silva, Flaviane; de Paula, Aline; Kalinke, Luciana.
Invest Educ Enferm; 36(1): [E04], Feb 15 2018.
Artigo em Inglês | LILACS, COLNAL | ID: biblio-882958

OBJETIVO:

Comparar a qualidade de vida geral de mulheres com câncer de mama submetidas a quimioterapia em uma instituição pública e outra privada.

MÉTODOS:

Estudo observacional, longitudinal, em que participaram 115 mulheres com câncer de mama em tratamento ambulatorial de quimioterapia em duas instituições de saúde, uma pública e uma privada, na cidade de Curitiba (Brasil). Os instrumentos Quality of Life Questionnaire-C30 e Quality of Life Questionnaire ­ Breast Cancer Module foram aplicados em três momentos do tratamento (início, 40-50 dias e 85-95 dias após o início).

RESULTADOS:

A qualidade de vida global das mulheres foi afetada em ambos os grupos desde a primeira fase da quimioterapia (76.2 pontos na privada e 74.6 pontos na pública, sendo 100 pontos o equivalente ao máximo de saúde). Também foi possível observar em ambos os grupos que houve piora na qualidade de vida ao longo do tempo, esta foi menor nas mulheres em atendimento privado (segunda etapa = 75.0 e terceira etapa = 74; p=0.47), comparadas com aquelas que receberam atenção pública (segunda etapa = 71.5 e terceira etapa 69.1; p=0.02). De acordo com o tipo de instituição, as funções mais comprometidas foram a emocional e a social na privada, e física e a dor na pública.

CONCLUSÃO:

A qualidade de vida global das mulheres com câncer de mama deteriorou-se em consequência da quimioterapia nas duas instituições, sendo esta menor naquelas que recebem atenção privada. A enfermagem deve considerar o tipo de instituição responsável pelo atendimento das mulheres, a fim de fornecer um atendimento integral que leve em consideração as funções afetadas em cada fase do tratamento.(AU)
Biblioteca responsável: CO103.1
Selo DaSilva