Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Atividade antifúngica e antiaderente do óleo essencial de Rosmarinus officinalis sobre Candida / Antifungal and antiadherent activity of the essential oil from Rosmarinus officinalis on Candida

Cavalcanti, Yuri Wanderley; Almeida, Leopoldina de Fátima Dantas de; Padilha, Wilton Wilney Nascimento.
Arq. odontol; 47(03): 146-152, 2011. tab
Artigo em Português | LILACS, BBO - Odontologia | ID: biblio-850087

OBJETIVO:

Avaliar a atividade antifúngica e antiaderente do óleo essencial de Rosmarinus officinalis (Alecrim) sobre Candida albicans (ATCC289065) e C. tropicalis (ATCC40042).

MATERIAIS E MÉTODOS:

Determinou-se a atividade antifúngica pela Concentração Inibitória Mínima (CIM) e Concentração Fungicida Mínima (CFM), obtidas através das técnicas de microdiluição e de esgotamento, respectivamente. Os produtos foram avaliados da concentração inicial de 72mg/mL até 0,5625mg/mL. A atividade antiaderente foi avaliada segundo as concentrações CIM, 2CIM e 4CIM. Em tubos de vidro estéreis, foram adicionados: 1 corpo de prova de resina acrílica estéril; 2mL de Caldo Sabouraud-Dextrose estéril; 0,2mL do inoculo fúngico e 2mL do óleo essencial de R. officinalis nas concentrações testadas, ou água destilada estéril (Controle de Crescimento), ou nistatina (100.000UI/mL – Controle Positivo). Os produtos testados foram adicionados em duas condições: junto aos demais componentes do dispositivo de aderência (t=0h); e após 24h da inserção desses componentes (t=24h). Os microrganismos que aderiram aos corpos de prova foram dispersos, diluídos 10 e 100 vezes em água destilada estéril e transferidos, em triplicata, para placas de agar Sabouraud Dextrose 4%. Após 48 horas de incubação a 37ºC, o número de Unidades Formadoras de Colônia por mililitro (UFC/mL) foi determinada para cada espécime. Aplicaram-se os testes Mann Whitney e ANOVA (pós-testes deTukey e Dunnet).

RESULTADOS:

A CIM e CFM foram determinadas na concentração 0,5625mg/mL. Quando comparado ao controle de crescimento, o óleo essencial de R. officinalis provocou inibição da aderênciaem todas as concentrações testadas, porém com efeito inferior à nistatina. Observou-se maior atividade antiaderente para t=24h (p<0,001) e maior concentração do produto natural (p<0,05).

CONCLUSÃO:

O óleo essencial de R. officinalis exerceu atividade antifúngica e antiaderente sobre C. albicans e C. tropicalis...
Biblioteca responsável: BR365.1
Localização: BR365.1
Selo DaSilva