Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual em Saúde

Brasil

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Atenção Primária à Saúde e tuberculose: avaliação dos serviços / Primary Health Care and tuberculosis: services evaluation

Wysocki, Anneliese Domingues; Ponce, Maria Amélia Zanon; Brunello, Maria Eugênia Firmino; Beraldo, Aline Ale; Vendramini, Silvia Helena Figueiredo; Scatena, Lúcia Marina; Ruffino Netto, Antonio; Villa, Tereza Cristina Scatena.
Rev. bras. epidemiol; 20(1): 161-175, Jan.-Mar. 2017. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-843736
RESUMO: Introdução: Visando controlar a tuberculose, o Ministério da Saúde recomenda a descentralização das ações de controle para a Atenção Primária à Saúde, sendo escassos os estudos acerca do desempenho do Programa de Controle da Tuberculose em contextos descentralizados.

OBJETIVO:

Avaliar o desempenho dos serviços da Atenção Primária à Saúde no tratamento da tuberculose.

MÉTODOS:

Estudo avaliativo, realizado de maneira transversal em 2011. Foram entrevistados 239 profissionais de saúde da Atenção Primária à Saúde utilizando um instrumento estruturado com base no referencial de avaliação da qualidade dos serviços de saúde (estrutura, processo e resultado). O desempenho de tais serviços foi analisado mediante técnicas de estatística descritiva, validação e construção de indicadores e cálculo da variável reduzida Z.

RESULTADOS:

Os indicadores “participação de profissionais no atendimento aos pacientes com tuberculose” (estrutura) e “referência e contrarreferência” (processo) foram os melhores avaliados, enquanto “capacitação dos profissionais” (estrutura) e “ações externas para o controle da tuberculose” (processo) tiveram os piores resultados.

CONCLUSÃO:

A descentralização das ações de controle da tuberculose vem ocorrendo de maneira verticalizada na Atenção Primária à Saúde. O desafio de controlar a tuberculose perpassa pela superação de fragilidades relacionadas ao envolvimento, à capacitação e à rotatividade profissional, que é a articulação entre os pontos de atenção e monitoramento das ações de controle na Atenção Primária à Saúde.
Biblioteca responsável: BR1.1
Selo DaSilva