Your browser doesn't support javascript.

Biblioteca Virtual en Salud

Brasil

Home > Búsqueda > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportación:

Exportar

Email
Adicionar mas contactos
| |

Associação entre depressão, medo de cair e mobilidade em idosos residentes em uma comunidade / Association between depression, fear of falling andmobility of elderly residents in the community

Tavares, Graziela Morgana Silva; Pires, Maurício Santa; Schopf, Pâmela Pissolato; Manfredini, Vanusa; Piccoli, Jacqueline da Costa Escobar; Gottlieb, Maria Gabriela Valle.
Rev. Kairós; 18(4): 233-246, out-dez. 2015. tab
Artículo en Portugués | Index Psicología - Periódicos técnico-científicos | ID: psi-67964
A queda bem como a depressão são causas importantes para a perda de autonomia e independência funcional de indivíduos idosos. O presente estudo teve como objetivo verificar a associação entre depressão, ansiedade, medo de cair de e mobilidade de idosos residentes em uma comunidade. Foram coletados dados de identificação, antropométricos, ansiedade (autorrelatada), medo de cair (autorrelatado) e pela escala de eficácia de quedas (FES-I), depressão (GDS 15) e histórico de quedas do último ano (HQA). A mobilidade foi avaliada através do Timed Up and Go test (TUG). A amostra foi composta por 50 idosos com idade média de 74,5 (±6,7 anos). Os resultados mostraram que 32 (64%) indivíduos possuíam medo de cair e 21 (42%) relataram ter sofrido queda no último ano. Também foi evidenciada diferença estatisticamente significante nas variáveis de FES-I com o HQA (ρ= 0,05) e depressão com TUG (ρ= 0,001). A regressão binária logística mostrou que a depressão está associada com o pior desempenho no TUG teste (p<0,003). O presente estudo identificou alta prevalência do medo de cair nos idosos e associação significativa entre FES-I e HQA dos idosos. Além disso, foi encontrada associação entre TUG teste e depressão.(AU)
Biblioteca responsable: BR195.3
Selo DaSilva