Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Qual abordagem inicial do prurido vulvar sem alterações no exame ginecológico?

| Segunda Opinião Formativa | 21 Mar 2017 | ID: sof-36331
Resposta:

A abordagem do prurido vulvar deve ser iniciada com uma anamnese detalhada, caracterizando início, tempo de evolução, tratamentos prévios, alterações morfológicas locais e perguntas específicas para cada uma das causas. O exame físico é realizado primeiramente com inspeção da região vulvar sob luz adequada, procurando-se áreas de fissuras, úlceras, hiperpigmentação, eritema, atrofia, hipertrofia, abaulamento das glândulas de Bartholin, entre outros. Pode-se aplicar ácido acético 5% para avaliar presença de lesão acetobranca  que podem indicar lesão por HPV. O exame especular deve ser realizado para descartar vulvovaginites; as mulheres com lesões cervicais hipertróficas, acetobrancas ou sangrantes devem ser encaminhadas para colposcopia; e biópsias são indicadas quando forem encontradas lesões na colposcopia, para descartar doença maligna.1

Assuntos

^d ^d ^d