Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Qual o papel do NASF no Programa Saúde na Escola?

| Segunda Opinião Formativa | 30 Mar 2015 | ID: sof-19585
Resposta:

O Programa Saúde na Escola (PSE) é uma política intersetorial entre educação e saúde que compreende a escola como espaço privilegiado de práticas de promoção de saúde e prevenção de agravos e doenças, por meio de ações compartilhadas que têm como corresponsáveis atores de ambos os setores (1). Nesse contexto, o NASF pode atuar com as equipes de Saúde da Família (eSF), de maneira integrada e apoiando-as com base nas diretrizes do apoio matricial, compondo ações para faixas etárias e necessidades em saúde variadas. Portanto, no PSE a atuação dos profissionais do NASF deve se dar de maneira colaborativa com as equipes de SF, dividindo a responsabilidade sobre a situação de saúde de seu território (2). São consideradas atribuições dos profissionais do NASF nesse âmbito (2):

  • Apoiar os profissionais das eSF a exercerem a coordenação do cuidado do escolar em todas as ações previstas no PSE;
  • Participar da construção de planos e abordagens terapêuticas em comum com os profissionais das eSF, de acordo com as necessidades evidenciadas pela equipe;
  • Realizar com as eSF discussões e condutas terapêuticas integrativas e complementares;
  • Estimular e acompanhar as ações de controle social em conjunto com as eSF;
  • Identificar e articular conjuntamente com as eSF e professores uma rede de proteção social com foco nos escolares;
  • Discutir e refletir permanentemente com as eSF a realidade social e as formas de organização dos territórios, desenvolvendo estratégias de como lidar com adversidades e potencialidades;
  • Exercer as atribuições que lhes são conferidas em documentos específicos que tratam sobre o NASF.