Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Myocardial revascularization: factors intervening in the reference and counter-reference in Primary Health Care.

Cunha, Kamylla Santos da; Higashi, Giovana Dorneles Callegaro; Erdmann, Alacoque Lorenzini; Kahl, Carolina; Koerich, Cintia; Meirelles, Betina Hörner Schlindwein.
Rev Esc Enferm USP; 50(6): 965-972, 2016 Nov-Dec.
Artigo em Inglês, Português | MEDLINE | 2016 | ID: mdl-28198962
Resumo: OBJECTIVE: Understanding the factors that influence the reference and counter-reference process of people indicated/submitted to Myocardial Revascularization surgery in the Primary Health Care scenario. METHOD: A qualitative research anchored in the Grounded Theory, totaling 41 participants subdivided into three groups (patients, health professionals and managers) in the Metropolitan and West Region of Santa Catarina. RESULTS: Two categories elucidate the intervening factors found, contrasting the potentialities and obstacles in (creating) the bond between people affected by cardiovascular diseases and primary health care for the reference process, highlighting weaknesses in the primary health care services provided, with failures in the counter-reference for people submitted to myocardial revascularization surgery. CONCLUSION: Strengthening the potentialities presented in this study is essential for the reference process of people affected by Cardiovascular Disease, as well as strategic actions focused on solving the evidenced obstacles which contribute to deficiencies in the referral and counter-referral process, thus impeding integral care in the health care network. OBJETIVO: Compreender os fatores que influenciam o processo de referência e contrarreferência da pessoa com indicação/submetida à Cirurgia de Revascularização Miocárdica no cenário da Atenção Primária à Saúde. MÉTODO: Pesquisa qualitativa ancorada na Teoria Fundamentada nos Dados, totalizando 41 participantes subdivididos em três grupos (pacientes, profissionais de saúde e gestores) na Região Metropolitana e Região Oeste de Santa Catarina. RESULTADOS: Duas categorias elucidam os fatores interventores encontrados, Contrastando as potencialidades e entraves no vínculo da pessoa acometida por doenças cardiovasculares com a atenção primária à saúde para o processo de referência e Destacando fragilidades nos serviços disponibilizados na atenção primária à saúde, com insucessos da contrarreferência da pessoa submetida à cirurgia de revascularização miocárdica. CONCLUSÃO: Torna-se essencial o fortalecimento das potencialidades apresentadas neste estudo para o processo de referência da pessoa acometida por Doença Cardiovascular, assim como ações estratégicas com foco na resolução dos entraves apontados e que contribuem para a deficiência do processo de referência e contrarreferência, dificultando a integralidade do cuidado na rede de atenção à saúde.