Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

O Processo de trabalho dos enfermeiros da atenção primária e a Política Nacional de Plantas Medicinais/Fitoterápicos / The nurses’ work process of Primary Health Care and the National Politics of MedicinalPlants/Phytoterapies

SOUZA, A.D.Z.; HEINEN, H.M.; AMESTOY, S.C.; MENDIETA, M.C.; PIRIZ, M.A.; HECK, R.M..
Rev. bras. plantas med; 18(2): 480-487, tab
Artigo em Português | LILACS | Jun 2016 | ID: lil-787950
Resumo: RESUMO O estudo objetivou conhecer o processo de trabalho dos enfermeiros da atenção primária em relação à Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. O referencial foi baseado em Guareschi e Kleinman. A abordagem foi qualitativa, descritiva. Fizeram parte dos estudos enfermeiros de 21 municípios da região Sul do estado do Rio Grande do Sul. Os dados foram coletados por questionário autoadministrado, no período de junho a agosto de 2013. A análise seguiu a proposta operativa de Minayo, emergindo dois temas: processo de trabalho dos enfermeiros e a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos; viabilização desta na atenção primária. Observou-se o desconhecimento da política, apesar de ter sido constatado a indicação de plantas medicinais no processo de trabalho. A política é viável quando o enfermeiro organiza grupos, coloca em prática o diálogo interdisciplinar, e contempla a questão dos aspectos culturais do usuário.
ABSTRACT This study aimed to understand nurses’ work processes in primary health care in relation to the National Politics of Medicinal Plants and Phytotherapies. The referential was based on Guareschi and Kleinman. The approach was qualitative and descriptive. Nurses from 21 towns of Southern Rio Grande do Sul participated. Data collection was a self-administrated questionnaire, in the period of June to August of 2013. The analysis followed Minayo’s operative proposal, two themes emerged: nurses’ work processes and the National Politics of Medicinal Plants and Phytotherapies and the viability of this in primary health care. The ignorance of the policy, but they indicate medicinal plants in the work process. The policy is practicable, when the nurses make groups, put the interdisciplinary dialogue in practice and contemplate the users’ cultural aspects.
Biblioteca responsável: BR1.1