Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Compliance with the child immunization calendar in family healthcare units/Cumprimento do calendário de vacinação de crianças em uma unidade de saúde da família

Ramos, Camilo Ferreira; Paixão, José Gabriel Miranda da; Donza, Filipe Cunha de Sousa; Silva, Anthony Mark Paiva da; Caçador, Danillo Feitosa; Dias, Victor Danilo Vale; Sodré, +vila Fernanda Lameira de Melo.
Rev Pan-Amaz Saude; 1(2): 55 - 60, 2010. tab
Artigo em Português | IEC | 2010 | ID: iec-7415
Resumo: OBJETIVO: Analisar o cumprimento do calendário de vacinação de crianças pelos usuários da Unidade de Saúde da Família água Cristal bem como possíveis razões para o seu eventual não cumprimento. M+TODO: O estudo foi prospectivo, transversal e qualitativo, realizado a partir de visitas às residências das crianças pesquisadas, sendo a casuística constituída por 108 pessoas, número obtido através do registro presente nas fichas da família observadas. Incluíram-se crianças de ambos os sexos, analisando-se a faixa etária de 0 a 2 anos de idade, cadastradas na Unidade no ano de 2007. RESULTADOS: Verificou-se que 87,97 por cento das crianças estão com a vacinação atualizada, sendo que 13,89 por cento dessas têm histórico de atrasos. Um fator fortemente atribuído a estes bons índices foi a atuação constante dos agentes comunitários de saúde. Entre aquelas que apresentaram atraso ou não receberam as vacinas, a falta da vacina contra rotavírus foi a mais observada, em 22,46 por cento dos casos. Foram analisados fatores que poderiam contribuir para o índice de atraso, como escolaridade e ocupação dos pais. Nenhum desses foi estatisticamente significante. CONCLUSÃO: Os resultados encontrados são comparáveis a ambulatórios de centros de referência latino-americanos, o que indica a efetividade da atuação do Programa Saúde da Família naquela comunidade. Contudo, a vacinação tem forte apelo na saúde da população e merece iniciativas de fortalecimento das ações, a fim de diminuir e evitar reaparecimento de doenças...(AU)
OBJECTIVE: This study evaluated compliance with the child immunization calendar among users of the água Cristal Family Healthcare Unit and explored the reasons for potential non-compliance. METHOD: This study was prospective and qualitative. It was based on visits to the surveyed children's residences and consisted of a sample of 108 people. The data for this sample were obtained through the current records in the health unit's family files. The sample included children of both genders between the ages of 0 and 2 years who were registered at the Unit in 2007. RESULTS: We found that 87.97 per cent of the children had up-to-date immunizations, and 13.89 per cent had a history of delayed immunizations. The study found that healthcare community agents' regular interventions were strongly linked to the up-to-date immunization results. Among the children who were immunized late or not at all, the Rotavirus was the most common illness, representing 22.46 per cent of the cases. We also analyzed the factors, such as education and parents' occupation, that could contribute to delayed immunizations. None of these were statistically significant. CONCLUSION: The results were comparable to other Latin American healthcare centers and confirmed the efficacy of the Family Healthcare Program in the community. However, immunizations have a strong influence on a population's health, and initiatives should be undertaken to decrease the prevalence of diseases and prevent their recurrence...(AU)
Biblioteca responsável: BR275.1
Localização: BR275.1