Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Detection of respiratory symptoms in the public health network of Belém, Pará State, Brazil/Detecção de sintomáticos respiratórios em serviços de saúde da rede pública de Belém, Pará, Bras

Rodrigues, Ivaneide Leal Ataide; Cardoso, Ninarosa Calzavara.
Rev Pan-Amaz Saude; 1(1): 67 - 71, 2010. tab
Artigo em Português | IEC | 2010 | ID: iec-6971
Resumo: A tuberculose é considerada um grave problema de saúde pública, e a identificação dos sintomáticos respiratórios, uma ação primordial para facilitar o diagnóstico precoce dos casos. Os objetivos deste estudo foram: conhecer o número de sintomáticos respiratórios identificados entre as pessoas que procuram o atendimento nos serviços de saúde; e conhecer onúmero de pessoas não identificadas pelos serviços como tal. Participaram do estudo 21 unidades básicas de saúde em Belém, Pará. Na construção e análise dos dados foi usado o programa Epi-Info Versão 6.0B. Foram entrevistadas 1.008 pessoas usuárias das unidades. Constatou-se que a prevalência de sintomáticos respiratórios entre os entrevistados foi de 10,03 porcento. A identificação dos mesmos nas unidades não foi feita em 72 por cento dos casos, sendo que, dos identificados como tal,33 por conto foram encaminhados para exame de escarro. Não houve diferença estatisticamente significativa (p = 0,07) para a associação entre a pergunta sobre tosse e a duração da tosse, nas unidades pesquisadas. Essa identificação, mediante a busca de tossidores, deve ser uma atividade incorporada na rotina das unidades, para facilitar o diagnóstico precoce epronto atendimento dos casos bacilíferos, como forma de quebrar a cadeia de transmissão da doença.(AU)
Tuberculosis is considered a serious public health problem, and the identification of its respiratory symptoms is of extreme importance to facilitate a precocious diagnosis of the disease. This study aimed to discover the number of respiratory symptomatic patients identified among the people that sought treatment in the local public health network, as well as the number of individuals not identified as symptomatic by its health care providers. Twenty-one health care units in Belém, Pará State, Brazil, were involved in this study, and 1,008 individuals were surveyed. Selection and analysis of the data collected was carried out using Epi-Info Version 6.0B software. The prevalence rate of respiratory symptomatic patients was 10.03 percent; their identification was not carried out in 72 percent of the cases. Of the identified ones, 33 percent were directed for sputum examination. There was no statistically significant difference (p = 0.07) in the association between the question of cough and its duration. This identification through the search for patients with chronic cough should be a procedure incorporated in the Health Units' daily routine, in order to facilitate an early diagnosis and the immediate treatment of bacilliferous cases, as a form of breaking the transmission chain of the disease.(AU)

Assuntos

Tuberculose
Biblioteca responsável: BR275.1