Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Clinical and epidemiological profile of the elderly undergoing anti-neoplasic chemotherapy attended in a oncology reference hospital of Pará State, Brazil/Perfil clínico-epidemiológico de idosos submetidos à quimioterapia antineoplásica atendidos em um hospital de referência oncológica do estado do Pará, Brasil

Santos, Emerson Glauber Abreu dos; Souza, Jessika Cardoso de; Santos, Anderson Lineu Siqueira dos; Santos, Maria Izabel Penha de Oliveira; Oliveira, Tatyellen Natasha da Costa.
Rev Pan-Amaz Saude; 8(2): 47-56, 2017. tab
Artigo em Português | IEC | 2017 | ID: iec-16186
Resumo: OBJETIVO: Descrever o perfil clínico-epidemiológico de idosos submetidos a tratamento quimioterápico antineoplásico e atendidos em ambulatório de um hospital de referência do estado do Pará, Brasil. MATERIAIS E MÉTODOS: Realizou-se um estudo transversal com 200 idosos, de abril a outubro de 2015, em que foi aplicado um questionário sobre os aspectos socioeconômicos e clínicos, com posterior análise estatística. RESULTADOS: Identificou-se prevalência de indivíduos entre 60 e 80 anos de idade (83,5%); sem predominância de sexo; com baixa escolaridade; 82,5% dos participantes possuindo escolaridade até o nível fundamental completo; baixa renda familiar, sendo que 79,5% tinham renda familiar inferior a três salários mínimos e 87,5% com participação ativa na renda familiar; e 57,0% eram casados ou estavam em união estável. O tipo de câncer mais comum foi o câncer de mama (26,5%), seguido pelo câncer de próstata (17,0%); e os tratamentos antineoplásicos ou adjuvantes mais prevalentes foram bisfosfonato e agente alquilante. CONCLUSÃO: Este estudo demonstrou o perfil do idoso em tratamento antineoplásico atendido em uma unidade de referência oncológica do norte do Brasil, com destaque para a predominância de indivíduos com outras comorbidades, além da neoplasia, o que eleva os riscos de complicações e reações adversas relacionadas à quimioterapia
OBJECTIVE: To describe the clinical and epidemiological profile of elderly patients undergoing anti-neoplasic chemotherapy treatment, as outpatients of a reference hospital of Pará State, Brazil. MATERIALS AND METHODS: A cross-sectional study involving 200 elderly people was performed from April to October, 2015. A socioeconomic and clinical questionnaire was applied and statistical analyses were done afterwards. RESULTS: The prevalence was 60-80 years old (83.5%); no gender predominance; low schooling - 82.5% of the participants had finished the elementary school; low family income, from them 79.5% had a family income less than three minimum wages, and 87.5% participating actively in family income; and 57.0% were married or were in stable union. The most common cancer type was breast cancer (26.5%), followed by prostate cancer (17.0%); and the most prevalent anti-neoplasic or adjuvant treatments were bisphosphonate and alkylating agent. CONCLUSION: This study demonstrated the elderly patients profile receiving anti-neoplasic treatment at an oncological reference unit in the North of Brazil, predominating individuals with other comorbidities besides neoplasm, which increases the risks of complications and adverse reactions related to the chemotherapy
Biblioteca responsável: BR275.1
Localização: PCIEC2017 / BR275.1