Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Nested PCR utilizando a gota espessa como fonte do DNA de Plasmodium/Nested PCR using thick blood smears as source of Plasmodium DNA: an alternative to study archival blood films

Viana, Giselle Maria Rachid; Chamma-Siqueira, Nathália Nogueira; Barbosa, Danielle Regina Lima; Carmo, Ediclei Lima do; Peres, Jóse Mário Veloso; Nascimento, José Maria de Souza; Póvoa, Marinete Marins.
Rev Pan-Amaz Saude; 7(Ed. esp.): 107- 114, 2016. ilus, tab
Artigo em Inglês | IEC | 2016 | ID: iec-15851
Resumo: The study aimed to evaluate a protocol of nested PCR using archival Giemsa-stained thick blood smears (GTS)as source of Plasmodium DNA. A total of 138 GTS from patients of five municipalities from Pará State (Amazon Region, Brazil) was included in this survey. These samples were classified in three groups (group 1: 85 Plasmodium positive and negative GTS stored in plastic box during five years; group 2: 28 Plasmodium positive and negative GTS stored in wooden box during 10 years; and group 3: 25 Trypanosoma cruzi GTS negative for Plasmodium stored in plastic box during a month) and were submitted to DNA extraction with Chelex-100. Subsequently, extracted DNA samples were quantified and the integrity was verified by electrophoresis. Nested PCR protocol was performed to detect Plasmodium species. The results of nested PCR were compared to microscopy and statistic parameters were calculated by screening test. DNA samples from all groups had acceptable quantity and purity level, but the evaluation of integrity showed 19 degraded samples from group 2. By nested PCR, this group showed very low sensitivity (29.63 percent) and accuracy (32.14 percent), while nested PCR for samples from group 1 showed 100 percent of sensitivity and 97.65 percent of accuracy. The results of this research showed that samples stored until five years can be useful as Plasmodium DNA source for nested PCR to identify Plasmodium species, being an important alternative to support retrospective studies (AU)
O estudo teve como objetivo avaliar um protocolo de nested PCR, utilizando o teste de gota espessa corada por Giemsa (GTS) como fonte de DNA de Plasmodium. Um total de 138 amostras de GTS de pacientes de cinco municípios do Estado do Pará (Região Amazônica, Brasil) foi incluído neste estudo. Essas amostras foram classificadas em três grupos (grupo 1: 85 Plasmodium GTS positivos e negativos armazenados em uma caixa de plástico durante cinco anos; grupo 2: 28 Plasmodium GTS positivos e negativos armazenados na caixa de madeira durante 10 anos; e grupo 3: 25 Trypanosoma cruzi GTS negativos para Plasmodium armazenados em caixa de plástico durante um mês) e foram submetidas à extração de DNA com Chelex-100. Subsequentemente, as amostras de DNA extraídas foram quantificadas e sua integridade foi verificada pela eletroforese. O protocolo de nested PCR foi realizado para detectar resultados das espécies de Plasmodium. Os resultados do nested PCR foram comparados com os de microscopia e os parâmetros estatísticos foram calculados pelo teste de triagem. As amostras de DNA de todos os grupos obtiveram nível, quantidade e pureza aceitáveis, mas a avaliação da integridade mostrou 19 amostras degradadas do grupo 2. Pelo nested PCR, esse grupo mostrou baixa sensibilidade (29,63 por cento) e precisão (32,14 por cento), enquanto que as amostras do grupo 1 apresentaram 100 por cento de sensibilidade e 97,65 por cento de precisão. Os resultados desta pesquisa apontam que as amostras armazenadas até cinco anos podem ser úteis como fonte de DNA de Plasmodium para que o nested PCR identifique as espécies de Plasmodium, sendo uma alternativa importante para apoiar estudos retrospectivos (AU)
Biblioteca responsável: BR275.1
Localização: PCIEC2016