Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Rastreio do câncer do colo do útero: limites etários, periodicidade e exame ideal: revisão da evidência recente e comparação com o indicador de desempenho avaliado em Portugal / /Cervical cancer screening: target age bracket, screening frequency and screening method: review of recent evidence and comparison with the Portuguese performance indicator

Castro, Bárbara; Ribeiro, Daniela Pinheiro; Oliveira, Joana; Pereira, Miguel Basto; Sousa, Jaime Correia de; Yaphe, John.
Ciênc. Saúde Colet; 19(4): 1113-1122, abr. 2014. graf
Artigo em Português | ENSP | Abr 2014 | ID: ens-34002
Resumo: Esta revisão teve por objetivo avaliar a força de evidência do indicador de desempenho português relativo ao rastreio do Câncer do Colo do Útero (CCU): (1) limites etários das mulheres da população geral que o devem realizar, a (2) periodicidade com que deve ser realizado e (3) qual o melhor exame de rastreio. Foram pesquisados os seguintes termos MeSH: vaginal smears, age groups, periodicity, methods, uterine cervical cancer. Foram excluídos os artigos que não abordavam o objetivo da investigação ou que não fossem redigidos em Inglês, Português ou Espanhol. Para interpretar os artigos selecionados foi utilizada a classificação SORT. Foram encontrados 197 artigos, dos quais seleccionados 9: 1 revisão sistemática (RS), 1 estudo clínico controlado aleatorizado, 2 estudos observacionais retrospectivos e 5 normas de orientação clínica (NOC). Os autores optaram por incluir nesta revisão mais 4 NOCs e 2 RSs por considerarem ser relevantes para a população Portuguesa, apesar de não resultarem da pesquisa efectuada. Os estudos sugerem realização do rastreio entre os 21 e 25 até aos 65 anos, com uma periodicidade trienal usando a citologia convencional. Existe ainda controvérsia no que toca aos 3 objetivos deste artigo (limites etários, frequência e método).(AU)
The scope of this review was to assess the strength of evidence of Portuguese performance indicators on Cervical Cancer screening: (1) age group of the women that should be screened for cervical cancer; (2) frequency of screening; and (3) the best method for screening. The following MeSH terms were searched: vaginal smears, age groups, periodicity, methods, uterine cervical cancer. Articles not reflecting the study objectives or not available in English, Portuguese or Spanish were excluded. The SORT classification was used to rate the articles selected.Of the 197 articles found, 9 that met all study criteria were selected for inclusion in this review. These included 1 systematic review, 1 randomized controlled clinical trial, 2 retrospective studies and 5 clinical guidelines. The authors also chose to include 4 clinical guidelines and two systematic reviews relevant to the Portuguese population even though they did not appear in the initial search of the literature. The studies suggest screening women between the ages of 21 to 25 years and 65 years of age, once every three years using conventional cytology. There is still controversy regarding the three objectives of this study (target age bracket, screening frequency and screening method).(AU)
Biblioteca responsável: BR526.1