Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Conhecimento do enfermeiro acerca do manejo clínico da dor neonatal: estudo descritivo / Nurses' practical knowledge on the clinical management of neonatal pain: a descriptive study / Conocimiento de enfermería sobre el manejo clínico del dolor neonatal: estudio descriptivo

Dames, Louise José Pereira; Alves, Valdecyr Herdy; Rodrigues, Diego Pereira; Souza, Renata Rangel Birindiba de; Medeiros, Flávia do Valle Andrade; Paiva, Eny Dórea.
Online braz. j. nurs. (Online); 15(3): 393-403, 20161111.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS | Nov 2016 | ID: biblio-967860
Resumo: OBJETIVO: Analisar o conhecimento dos enfermeiros em sua prática assistencial no manejo clínico da dor neonatal. MÉTODO: Estudo descritivo, exploratório, qualitativo, realizado em duas maternidades públicas do município de Niterói com vinte enfermeiros atuantes em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Os dados foram coletados por intermédio de entrevista semiestruturada e analisados visando a construção de categorias temáticas. RESULTADOS E DISCUSSÃO: As categorias encontradas foram relacionadas à percepção do enfermeiro acerca da dor neonatal e o conhecimento do enfermeiro e suas ações no manejo clínico da dor neonatal. Observou-se que os enfermeiros desconhecem a prática do manejo clínico da dor, o qual não constitui uma rotina no cuidado neonatal, como também a utilização de escalas para a avaliação. CONCLUSÃO: O conhecimento científico torna-se de suma importância, pois favorece as estratégias necessárias ao cuidado neonatal com foco na qualidade ofertada e na humanização da assistência, principalmente considerando a dor como o quinto sinal vital.
AIM: to analyze the practical knowledge of nurses on clinical management of neonatal pain. METHODS: a descriptive, exploratory and qualitative study held with 20 Neonatal Intensive Care Unit nurses of two public maternity hospitals in the city of Niterói. Data were collected through semi-structured interviews and analysed targeting the construction of thematic categories. RESULTS: the categories found were associated with the perception of nurses regarding neonatal pain and their knowledge and actions regarding the clinical management of this neonatal symptom. It was found nurses lack knowledge of the clinical management of pain, which is not a part of the neonatal care daily routine, also being unaware of the application of rating scales for pain assessment. CONCLUSION: possessing scientific knowledge is crucial, as it provides required methods for neonatal care, focusing on the improvement of the quality of the health care provided and in the humanization of nursing care, considering pain as the fifth vital sign.
OBJETIVO: analizar el conocimiento de los enfermeros en su práctica asistencial en el manejo clínico del dolor neonatal. MÉTODO: estudio cualitativo, exploratorio, descriptivo, realizado en dos hospitales públicos de maternidad en la ciudad de Niteroi, con 20 enfermeras que trabajan en la unidad de cuidados neonatales intensivos. Los datos fueron recogidos mediante una entrevista semiestructurada y analizados para construir las categorías temáticas. RESULTADOS: las categorías encontradas se relacionaron con la percepción del enfermero sobre el dolor neonatal y el conocimiento del enfermero y sus acciones en el manejo clínico de este síntoma neonatal. Se observó que los enfermeros desconocen la práctica del manejo clínico del dolor, no siendo una rutina neonatal, así como el uso de escalas para la evaluación. CONCLUSIÓN: el conocimiento científico es de vital importancia, ya que favorece el cuidado neonatal que requiere de estrategias con enfoque en la calidad ofrecida y en la humanización de la atención, especialmente si se considera el dolor como quinto signo vital.
Biblioteca responsável: BR1342.1
Localização: BR1342.1