Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Resistência à compressão, flexão e tração diametral de cimentos resinosos em tempos diferentes de armazenamento / Compressive, flexural and diametral tensile strength of resin cements in different storage times

Galvão, Maria Nadilza Aires; Brandt, William Cunha; Miranda, Milton Edson; Vitti, Rafael Pino.
Journal of Oral Investigations; 7(2): 58-68, jul.-dez. 2018. tab
Artigo em Português | BBO - odontologia (Brasil) | Dez 2018 | ID: biblio-915378
Resumo: Objetivos: O objetivo desse estudo foi avaliar a resistência à compressão, tração diametral e flexão de dois cimentos resinosos de presa dual. Métodos: foi utilizado o cimento autoadesivo RelyX U200 (3M ESPE) e o cimento convencional Variolink II (Ivoclar Vivadent). Foram confeccionados corpos de prova cilíndricos com 4mm de diâmetro x 6mm de altura para o teste de compressão, 6mm de diâmetro x 2mm de altura para o teste de tração diametral (ISO 9917-1:2007) e em forma de barra com 25mm de comprimento x 2mm de altura e largura para o teste de flexão três pontos (ISO 4049:2009). As amostras foram armazenadas por 24h (n = 10) e 45 dias (n = 10) em água destilada a 37ºC. Os testes foram realizados em uma máquina universal de ensaios EMIC (DL 2000) com uma célula de carga de 2000 Kgf para o teste de compressão e 200 Kgf para os testes de tração diametral e flexão, à uma velocidade de 0,5 mm/min. Os dados foram submetidos à análise de variância dois critérios (ANOVA) e as médias comparadas pelo teste de Tukey (5%). Resultados: os resultados mostraram valores estatisticamente similares para todas as propriedades mecânicas avaliadas entre todos os cimentos e tempos de armazenamento estudados. Conclusões: A composição química dos cimentos resinosos e o armazenamento em água por 45 dias não foram suficientes para ocasionar alterações nas propriedades mecânicas avaliadas nesse estudo(AU)
Objectives: the aim of this study was to evaluate the compressive, diametral tensile and flexural strength of two dual resin cements. Materials and methods: RelyX U200 self-adhesive cement (3M ESPE) and the conventional Variolink II cement (Ivoclar Vivadent) were used. The test consisted in the preparation of cylindrical specimens measuring 4mm diameter x 6mm height for compression test, 6mm diameter x 2mm height for diametral tensile test (ISO 9917-1: 2007) and in shape of bar with 25mm length x 2mm height and width for three-point bending test (ISO 4049: 2009). The samples were stored for 24 h (n = 10) and 45 days (n = 10) in distilled water at 37°C. The tests were performed in a universal EMIC testing machine (DL 2000) with a load of 2000 Kgf for compressive test and 200 Kgf for diametral tensile and flexural strength tests at a crosshead speed of 0.5 mm/min. The data were submitted to analysis of variance (two-way ANOVA), and the means were compared by the Tukey test (5%). Results: the results showed statistically similar values of all the mechanical properties evaluated between all the resin cements and storage times. Conclusions: The chemical composition of the resin cements and storage in water for 45 days were not enough to cause changes in the mechanical properties evaluated in this study(AU)
Biblioteca responsável: BR186.1
Localização: BR186.1