Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Incidência da pneumonia associada à ventilação mecânica em unidade de terapia intensiva / Incidence of ventilator-associated pneumonia in intensive care unit

Mota, Écila C; Oliveira, Silvânia P; Silveira, Beatriz R. M; Silva, Patrick L. N; Oliveira, Adriana C.
Medicina (Ribeiräo Preto); 50(1): 39-46, jan.-fev. 2017. Tab
Artigo em Português | LILACS | Fev 2017 | ID: biblio-833844
Resumo: Objetivo: avaliar a incidência da pneumonia associada à ventilação mecânica em unidade de terapia intensiva (UTI). Método: trata-se de um estudo de coorte retrospectivo desenvolvido em um hospital universitário. Análises univariadas foram realizadas por meio do teste Qui-quadrado ou teste exato de Fisher para variáveis categóricas e teste não paramétrico de Mann-Whitney para variáveis numéricas. Resultados: Durante 24 meses foram admitidos 190 pacientes na UTI, desses, 90,5% utilizaram Ventilação Mecânica (VM). A incidência de pneumonia associada à VM foi de 23,2%, sendo notificada em 100% dos pacientes que utilizaram VM; a densidade de incidência foi de 32,4/1000 ventiladores/dia e a taxa de mortalidade global dos pacientes com pneumonia foi de 72,7%. Houve associação positiva entre a ocorrência de pneumonia e o tempo de internação >15 dias (RR: 7,29), o tempo de VM >10 dias (RR: 11,33) e reintubação (RR: 6,31). Conclusão: a pneumonia foi considerada como uma doença de alta morbidade na Unidade de Terapia Intensiva. Torna-se necessário a implantação de medidas efetivas para qualidade e segurança no cuidado de pacientes críticos. (AU)
Objective: To evaluate the incidence of ventilator-associated pneumonia in intensive care unit (ICU). Method: A retrospective cohort study, was carried in a university hospital. Univariate analyzes were performed using the chi-square test or Fisher's exact test for categorical variables, and nonparametric Mann-Whitney test for numerical variables. Results: In a period of 24 months, 190 patients were admitted in the ICU, and 90.5% of them used mechanical ventilation. The incidence of ventilatorassociated pneumonia (VAP) was 23.2%, being notified in 100% of the patients who used the mechanical ventilation; the incidence density of VAP was 32.4/1000 ventilator days and the overall mortality associated with VAP was 72.7%. There was a positive association between the occurrence of pneumonia and the period of hospitalization in the intensive care unit > 15 days (RR: 7.29), time of mechanical ventilation > 10 days (RR: 11.33), and reintubation (RR: 6.31). Conclusion: pneumonia is considered a high morbidity condition in the intensive care unit. Thus, it is necessary to implement effective measures for quality and safety on the care of critically ill patients (AU)
Biblioteca responsável: BR26.1