Your browser doesn't support javascript.

BVS APS

Atenção Primária à Saúde

Home > Pesquisa > ()
XML
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Email
Adicionar mais destinatários
| |

Women who take pap smear in Fortaleza - social and sexual characterization / Mulheres que realizam exame de Papanicolaou em Fortaleza - caracterização social e sexual

Américo, Camila Félix; Freitas, Lydia Vieira; Dias, Levânia Maria Benevides; Chagas, Ana Carolina Maria Araújo; Lima, Thaís Marques; Moura, Escolástica Rejane Ferreira; Pinheiro, Ana Karina Bezerra.
Artigo em Português | BDENF - enfermagem (Brasil) | Dez 2009 | ID: bde-23812
Resumo: Considerando a relevância epidemiológica e a mortalidade por Câncer do Colo do Útero, decidiu-se pela realização deste estudo com o objetivo de conhecer o perfil ginecológico de mulheres que realizam exame preventivo em unidade básica de saúde de uma região metropolitana. Estudo exploratório, com abordagem quantitativa e delineamento transversal realizado em um Centro de Parto Natural, do qual participaram 72 mulheres. A obtenção dos dados ocorreu durante a realização da consulta e a análise dos prontuários. Encontrou-se que a maior parte das mulheres tinha até 40 anos (42; 58,5%), com baixo grau de escolaridade (44; 61,1%), eram casadas (39; 54,2%), com menarca de 10 a 13 anos (36; 50%) e coitarca entre 12 e 19 anos (46; 63,9%), não utilizava método contraceptivo (30; 41,7%), mantinha relações sexuais somente por via vaginal (39; 54,1%), e realizam o exame de Papanicolaou anualmente (38; 53%). Encontrou-se boa adesão dessa população ao exame colpocitológico, mesmo não obedecendo a uma periodicidade regular. Estudos como este são de extrema importância, pois evidenciam características que interferem na saúde da mulher e possibilitam aos profissionais de saúde reconhecer os pontos que necessitam ser melhorados, aliados aos aspectos que estão satisfatórios no desenvolvimento da saúde dessas mulheres.(AU)
Considering the epidemiological relevance and the mortality of Uterine Cervix Cancer, the aim of this study is know the gynecological profile of women who take Pap smear in a basic unit of a metropolitan area. This is an exploratory study, with quantitative approach and traversal outlining which took place in a Center of Natural Childbirth with 72 women. The data was collected during the women’s appointment and the through analysis of the charts. It was found that most women had up to 40 years of age (42; 58,5%), with low education degree (44; 61,1%), married (39; 54,2%), with menarche from 10 to 13 years (36; 50%) and first sexual relation between 12 and 19 years (46; 63,9%). It was also found that some did not use contraceptive method (30; 41,7%), maintained vaginal only sexual relations (39; 54,1%) and did the Pap smear test annually (38; 53%). Its was observed a good adhesion to the Pap smear test by the women, even though not obeying a regular periodicity. These particular studies are of great importance, because it pounts out characteristics that interfere in the woman's health and make it possible for the health professionals to recognize what needs to be improved, together with the satisfactory characteristics in the development of these women's health.(AU)
Biblioteca responsável: BR1342.1